#PH Poem a day – Dia 11: O sertão

sertão

Eu vou contar prá vocês

A lenda do “Calangão”

Sendo antes cabra forte

Depois bicho se tornou

Isso é intrigante

Você também vai achar.

sertao2

Aconteceu lá no sertão

Lá nas bandas de acolá

Severino um menino

É quem vai lhe contar

Isso porque Calangão

É seu tio parte de mãe

E quem tiver um dinheirinho

Ele vai contar tudinho.

Ele conhece o mistério

Da família do cangaço

Este “home” Zeferino

Sobrenome Ourofino

Metia medo na cidade

Era estilo cangaceiro

lampiao

Zeferino encantou-se

Com uma moça de acolá

Moça que todos “temia”

Ela era moça bruxa

Uma moça sertaneja

Daquelas bem “ligera”

xilo

Zeferino então chamou

Zuleiquinha rejeitou

Ele foi puxar a força

Calangão então virou…

Essa história é de assustar

Mas ensina uma lição

Nunca pegue pela mão

Uma dama de refino

Ainda mais se a tal moça

Pode te virar num bichão!!!!!

 

Pessoal! As imagens de xilogravura eu retirei do Google, pesquisando pela palavra, tem muita imagem legal! Gosto muito do gênero de literatura de cordel…mas meu forte não é a rima, me perdoem, ok?

Beijocas

Feliz ano novo todo dia!!!

Renata.sertao2

 

 

#Maratona #Eu sou doideira (kids)-Livro3/7: Você é especial

wpid-20140611_101000.jpg

Autor: Max Lucado

Ilustrações:Sergio Martinez

Editora:United Press

31 páginas.

 

Sinopse: Todos os dias, os xulingos, uma gente miúda, feita de madeira, fazem a mesma coisa: colam bolas douradas  ou bolinhas cinzentas uns nos outros. Os bonitos – que têm a madeira lisa e a tinta brilhante – sempre recebem estrelas. Isso também acontece com os talentosos. Outros, porém, que não sabemfazer muitas coisas ou cuja tinta está descascando, recebem bolinhas cinzentas e sem graça. Como Marcinelo.

Este pequeno conto foi originalmente publicado num dos capítulos do premiado livro infantil tell Me the Secrets (Conte-me os segredos).

Olá pessoal, ainda estou por aqui, na Maratona, certo?

Hoje vou falar desse livro maravillhoso do Max Lucado que trata da auta-estima das crianças, inclusive se você ler com os olhos bons, você também será trabalhado por essa história.

É bom ser reconhecido como sendo o melhor em alguma coisa, não é verdade? E nesse mundo dos Xulingos eles vivem reconhecendo o bom, mas neste conto aprendemos que a diversidade pode ser melhor.

Marcinelo é o personagem principal, que ao encontrar a amiguinha xulinga Lúcia, percebe  que o mais importa é como o Criador nos Vê!

E, particularmente, o Criador cria apenas coisas excelentes, não é mesmo? Você, sua família…

Vale a pena a leitura e o desabrochar de um serzinho tão dócil, inteligente e envolvente como o Marcinelo.

É para sempre lembrarmos: Alguém nos ama exatamente como somos.

Ótimo saber disso não é mesmo? Suas crianças vão adorar este mundo de xulingos.

Um grande beijo,

Feliz ano todo!

Renata

#Maratona Eu sou doideira (kids) – Livro 2/7: Seu soninho, cadê você?

Título original
OÙ ES-TU, MONSIEUR SOMMEIL?
Ilustrações
Virginie Guérin
Tradução
Eduardo Brandão
Páginas
22
Formato
26.00 x 26.00 cm
Peso
0.66900 kg
Acabamento
Capa dura
Lançamento
25/02/2008
ISBN
9788574063089
Coleção
Pop-up
Selo
Companhia das Letrinhas
Outro livro da #Maratona, certo?
Neste livro vemos a aventura do jacarézinho Jacó que após o almoço e durante  a “sesta” da bicharada, não consegue dormir… E, a consequência disso é que ele interrompe o sono de todos os amigos da floresta em que mora.
A história é muito interativa e as crianças amam, pois é toda em pop up, onde eles podem procurar o seu Soninho juntamente com o Jacó…
Contar essa história na hora de dormir para aquelas crianças que tem uma dificuldade para isso, também é ideal, pois tem uma cantiga com um efeito sonífero num pop up maravilhoso… experimente, certo?
Vale a pena a leitura e novamente, sem spoiler o final é surpreendente!!
Para ouvir junto com a história vou sugerir  a música O relógio do Vinícius de Morais, pois a história fala sobre um período muito importante, o sono, que tem hora para acontecer, certo?
Beijocas,
Feliz ano novo sempre!!!

#Maratona Eu sou doideira (kids): Livro 1/7- A bruxa Salomé

Ficha Técnica:

Formato: Livro

Coleção: ABRACADABRA

Autor: WOOD, AUDREY

Tradutor: PADOVAN, GISELA MARIA

Ilustrador: WOOD, DON

Idioma: PORTUGUES

Editora: ATICA

 

Sinopse:

Antes de sair para ir ao mercado, a mãe avisou – ‘não abram a porta para estranhos’, mas as crianças desobedeceram e deixaram entrar a bruxa Salomé! Agora, só a mãe poderá salvá-las.

Boa noite, pessoal, tudo bem?

Conforme prometido começarei também a postar sobre os livros da Maratona Eu sou doideira, e o primeiro livro é “A bruxa Salomé”.

Já li muitas vezes, para vários grupos, e a impressão é sempre a mesma… as crianças amam a história, o ritmo, a aventura das crianças, as transformações…

Transformações? Sim… temos mágica nesta história…

Assim que a bruxa Salomé entra na casa, transforma as crianças em comidas, são sete crianças, são sete alimentos… Ah, os nomes das crianças também são bem sugestivos: Segunda-feira, Terça-feira, Quarta-feira, Quinta-feira, Sexta-feira, Sábado e Domingo. O que acham desses nomes?

E agora? Como a mãe irá descobrir que as crianças foram levadas pela bruxa? Onde essa tal bruxa mora?

Vocês não vão se arrepender de ler essa história com as crianças. É muito interessante e o final é surpreendente, sem spoiler, ok?

Gostaria do: A bruxa Salomé, o retorno…kkkk!!!

Espero que tenham gostado da dica.

A música para acompanhar eu vou sugerir é sobre mãe, pois essa da história foi muito corajosa, como todas as mães o são, certo?

Feliz ano novo sempre!!

Beijocas

Renata