Estranho, muito estranho…

Ontem, dia 01 de junho, uma notícia me impactou profundamente:

 

Um garotinho de 7 anos, japonês, foi punido por seus pais com um castigo que “João e Maria” nenhum pode botar defeito.

Foi obrigado a descer do carro em meio a uma floresta cheia de ursos e logo após descer, seus pais foram embora e o abandonaram a própria sorte.

Na matéria do jornal (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2016-05-30/menino-de-7-anos-desaparece-apos-ser-abandonado-de-castigo-em-floresta-com-ursos.html) os pais deram uma primeira versão ao ocorrido por sentirem-se “constrangidos” com o ocorrido. A foto abaixo é da matéria do “Último Segundo online”.

5pgyvwkg8monykquvw6vxolrj

Agora, a criança está desaparecida, sem comida, sem água e no meio de ursos ferozes.

Gente, me fala: o que está acontecendo com este mundo?

Percebo que está faltando amor, tolerância, diálogo e paciência.

Na palavra de Deus está listado os “dons” do Espírito Santo, que são presentes que Deus nos dá, quando estamos a sua disposição:

Gálatas 5.22:

Bíblia King James Atualizada
Entretanto, o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade,

João Ferreira de Almeida Atualizada
Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade.

As pessoas, em geral, estão muito preocupadas consigo mesmas, com suas opiniões, com sua vida, com seus bens materiais, e estão esquecendo-se do que realmente importa, que é o amor!

Sem clichês, o que somos é muito mais importante do que temos. O AMOR a Deus e ao próximo devem reinar nas nossas vidas.

É dessa forma que ensino aos meus filhos, que devemos ser tolerantes, bons, amigos… e não é que eles aprendem a ser assim? Daí tive problemas com o Paulinho por ele ser muito bonzinho e não saber se defender de quem o trata mal… mas o problema é do ensinamento que eu faço em casa? Se todos ensinassem, vivessem dessa forma, teríamos situações extremas como essa do pequeno “Yamaato Tanooka”?

Pessoal, estou triste! Queria muito que achassem o garoto e seus pais se desculpassem por terem sido tão insensíveis, perversos e malucos.

Vamos pedir ao grande e bondoso Deus que o exército japonês achem o garoto e todos possam se reconciliar, arrepender-se e voltar para o primeiro amor.

#orandoporYamaatoTanooka

Abraços!

Renata Amemiya