Mini evento Google Br #localguide #guialocal

Olá!
Vou compartilhar com vocês uma experiência única que o meu marido teve com guia local da Google aqui em São Paulo.
Fizeram o convite e ele foi sorteado para participar da reunião e um jantar numa hamburgueria aqui em São Paulo.
Ele amou e tirou algumas fotos que a gente vê nos filmes e em imagens na internet…rsss!
Achei interessante e pedi para ele se poderia compartilhar no blog e ele achou muito bom!
Espero que gostem! São três andares conforme os mapas:

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Feliz ano todo!
Renata e Marcos.

Papo Giz: Modalidades Organizativas

O tempo e o espaço na escola devem ser pensados de forma lúdica e didática, de modo que possamos oferecer sempre a qualidade das nossas ações pedagógicas para os alunos apreenderem, habituarem-se, socializarem-se, pesquisarem, tudo de forma organizada e pautada na atitude sempre reflexiva do professor junto a sua turma e a realidade dela.

No “pedagogês” há uma série de termos que os pais geralmente não conseguem distinguir entre uma e outra atividade e para onde seguir ajudando… O que é projeto,o que é atividade sequenciada, o que é atividade permanente, o que é a rotina? Enfim… o tempo e o espaço na escola devem ser organizados, divulgados e principalmente trabalhados de forma que a aprendizagem seja sempre a meta principal.

Tive a oportunidade de conhecer, fazendo cursos e formações com Alfredina Nery, que fez o texto sobre as modalidades organizativas no livro que trata sobre o ensino fundamental de 9 anos, com base nos textos de Délia Lerner. Para informações sobre as duas clique no nome.

E para entender melhor as modalidades organizativas, que sempre dá margem a grandes debates em cada uma delas, fizemos uma pergunta sobre e Alfredina em uma demonstração de muita empatia nos respondeu com muita dedicação. Realmente ela é muito solícita!

Então aí vai a pergunta e a resposta. Se vocês se interessarem mais pelo assunto posso dedicar um post para cada modalidade organizativa com alguns exemplos.

Comentem, deixem dúvidas e sugestões. Obrigada pela participação aqui.

Nossa pergunta:

“Visto que projeto é uma das modalidades organizativas, podemos trabalhar com outras modalidades dentro do projeto?”Partindo do pressuposto que podemos trabalhar com outras modalidades dentro do projeto, e que a sequência didática deve ter um grau de dificuldade. Como você vê esta modalidade dentro do projeto? E a atividade permanente, cabe dentro de um projeto?

 

Resposta da querida Alfredina:

Projeto é Projeto, Sequência Didática (ou Atividades Sequenciadas) é SD, Atividade Permanente é Atividade Permanente, Atividade de Sistematização é Atividade de Sistematização. A nomenclatura é diferente porque são “gestões do tempo didático” e abordagens também diferentes. Vamos por partes…

Em primeiro lugar, é preciso dizer que somente a Atividade de Sistematização “pode sair” de um Projeto, de uma SD ou de uma AP, mas assim que sai tem vida própria, no sentido de aprofundar ou fixar um determinado conteúdo selecionado que estava presente nas outras modalidades, mas que você decidiu enfatizar com mais reflexões/atividades dos alunos. Em segundo lugar, é possível afirmar que todas as modalidades são organizadas tendo em vista várias atividades articuladas entre si (não é um “rol de exercícios desconectados) com conteúdos selecionados que duram um certo tempo, mas há muita diferença entre elas. No Projeto é previsto haver mais articulação entre as áreas do conhecimento/as várias linguagens;há mais autonomia do aluno durante o processo, no sentido de nas diferentes etapas ele vai trazendo suas pesquisas, seus estudos e o professor, os outros alunos vão discutindo e sintetizando os resultados parciais. Além disto, todo o trabalho, no Projeto, tem a finalidade de construir o produto final, para o qual todos trabalham, em um processo longo. Ele dá muito trabalho, por isto, acredito que mais do que um Projeto por semestre é demais…Na Sequência Didática todo o processo está na mão do professor, portanto só ele sabe e propõe cada atividade com uma determinada finalidade que se relaciona com a outra, e assim por diante. Pode até ter produções dos alunos (que muitos confundem com “produto final”), mas este não é o foco do trabalho. Em geral os planos de aula bem feitos são SDs. A  Atividade Permanente é pensada para o aluno “frequentar” um mesmo/certo conteúdo de tal maneira que ele vai conhecendo-o aos poucos. É como um casal de namorados que de tanto namorarem passam a se conhecer,ao longo de um tempo. A referência bibliográfica desta discussão sobre Modalidades Organizativas é um capítulo do livro da Délia Lerner: “Ler e escrever na escola: o real,o possível e o necessário”. Ed. Artmed, 2002. Também escrevi a respeito em livro publicado pelo MEC: “Ensino Fundamental de nove anos- Inclusão da criança de seis anos”.

ALFREDINA NERY. Julho/2009.

Vou colocar a imagem das bibliografias sugeridas, ok?

Feliz ano todo!!!

Renata

Vlogando na Bienal do livro em São Paulo

Oi!

Fiz um pequeno vídeo sobre o passeio que fizemos na Bienal do livro em São Paulo edição 2016.

Esse ano a organização estava ótima. Não teve filas quilométricas e nem gente perdida se apertando…kkkk!!!

Vocês vão observar que os corredores ficaram mais largos mesmo nesta edição.

Os preços estavam bons, mas não exagerei nas comprinhas porque gosto de comprar pouco, mas sempre…kkkk!!!

Vocês costumam ir a Bienal? Para quem não é do Rio de Janeiro ou de São Paulo, tem alguma versão dessa feira de livros gigante na cidade de vocês? Eu não perco quase nenhuma edição desde os meus 16 anos. Amo!!

Espero que gostem. Se você também tem canal no Youtube me siga por lá também e deixe seu contato aqui para eu te conhecer seus vídeos também.

 

Obrigada por assistir!!!

Feliz ano todo!

Inspirações para prateleiras e nichos

Oi! Tudo bem pessoal?

Estou aqui hoje para falar um pouquinho sobre decoração em prateleiras e nichos em quartos, salas, cozinhas…

Na verdade, eu tenho dificuldade para assimilar estas questões de decoração porque sou uma pessoa pouco detalhista para decoração, sou mais do lado prático desde que soube que ia ser mãe…kkkk… Enfim, eu tinha alguns enfeites sem muitas referências e consegui eliminar todos em menos de um mês ao saber da gravidez já antecipando o que poderia acontecer caso uma criança pegasse…

Mas, agora que os dois estão crescidinhos, está despontando uma vontade de “acarinhar” mais o lar com detalhes que fazem a diferença…

Comecei mudando um pouco o estilo da sala e dos quartos com um detalhe: papel de parede… gente fica muito lindo mesmo e diferente…dá um aconchego gostoso e no caso das prateleiras e nichos dá um certo acabamento diferenciado que dá uma noção de bem acabado…

Incrível mesmo como o papel de parede faz uma diferença…!!

Depois posto fotos em outro post, certo?

Hoje vou trazer aquilo que agora me traz mais dificuldades, o que colocar nos nichos que instalamos aqui em casa, o que colocar nas prateleiras que combinem com o ambiente?

Pensei, deve ser dúvida de algumas pessoas também… e resolvi pesquisar algumas opções e compartilhar aqui.

Espero que gostem!!

Fonte da pesquisa: Pinterest

Fonte das imagens: Google images

Imagens das prateleiras e nichos que eu quero decorar…

Quem tiver habilidade e quiser dar dica me conta ai nos comentários… certo?

Olha como o papel de parede dá um charme, né? Sou suspeita porque gosto de coisas “vintage”, sou nostálgica e amo estilo anos 70…rssss. O Marcos fala:  A Renata envelopou toda a casa… kkkk!!!Enfim, gosto é gosto né.

Agora as prateleiras de livros, que comprei na Le Roy Merlin ficaram de cara nova com o papel de parede de fundo… ficou muito mais bonitinha, além de super funcional:

dscn83221

O que vocês acharam? Me conta ai…

Obrigada por estarem sempre por aqui e pelos novos seguidores que curtiram aqui para receber novos posts…obrigada!

Feliz ano todo!

Renata