#Situaçõesdavida #04: Vigiai e orai!

Recentemente passei por uma experiência realmente assustadora, que nunca havia passado na vida.

Aguentei firme e ficava pensando que ia dar tudo certo, porque eu não sabia explicar o que eu estava sentindo, e achei que apesar de estar passando mal fisicamente não era questão médica porque não sabia explicar em palavras o que eu estava passando.

Não doía em lugar nenhum. A sensação era que eu estava fora do meu corpo e ouvia a minha voz quando eu falava, sentia que cada passo que eu dava era como se eu estivesse na Lua, tudo era muito lento e redondo. Não conseguia lembrar das coisas imediatamente, tinha que ficar pensando um pouco.

Senti algo na nuca, mas não era exatamente uma dor.

Apesar de todos esses sintomas, levei os filhos na escola, fui trabalhar, voltei, peguei a filha, ainda me arrumei e sai de novo para ir numa festa surpresa, que na verdade não era naquele dia…rsss… mas o que eu pensava o tempo todo: “ Ai meu Deus, eu vou morrer…!!! Eu to sentindo…”

Como a festa não era naquele dia, mas fiquem tranquilos, não estraguei a surpresa…rssss…eu não conseguia lembrar o número do telefone do Marcos para ele ir me pegar no local. Daí eu fiquei tensa, e parecia que ia desmaiar.

Foi um sufoco. Consegui lembrar. Ele foi me buscar e no caminho para a nossa casa eu disse: Marcos, me leva no pronto socorro? Ele levou o maior susto, não entendendo nada…

Isso era umas sete e meia, oito horas da noite… Eu tinha aguentado o dia todo até aquela hora… Resolvemos deixar os filhos na minha mãe e fomos para o pronto socorro.

Mediram a pressão, se tinha febre, fizeram exames de sangue, perguntaram o que eu sentia… eu não soube explicar… Mas Deus é tão bom, que mesmo numa emergência de hospital quase meia noite, não me abandonou.

Fez o médico me receitar um remédio (não vou citar o nome) certinho com o que eu estava sentindo e que me deu a dica para ir ao especialista exato para o que eu estava sentindo.

Resumo da história: eu não ia morrer naquele dia.

Foi assustador. Mas o que eu tenho é Labirintite. Fiz o tratamento, fiz os exames e agora está tudo sob controle.

Nunca pensei em passar por uma situação tão assustadora assim.

Estou ainda fazendo exames para o motivo da labirintite. Mas posso dizer que estou muito bem em relação ao que senti no fatídico dia da crise.

E você, caro leitor, cara leitora, já passou por uma situação realmente assustadora? Me conta!

Feliz ano todo!!

Renata

dia 04: situação assustadora

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s