E estamos “quarentenando”…

De repente veio o aviso: a partir de amanhã não vamos mais poder Aglomerar.

Vamos todos nos isolar com nossa família. Sair apenas para o essencial.

Ainda não entendia a dinâmica de como isso funcionaria apesar de ter visto vídeos das pessoas lá na China fazendo seus relatos, na minha cabeça era algo como ficção científica .

Porém, obedecemos, e estamos aqui 38 dias já no isolamento social.

Um projeto de 2017 que estamos finalizando na quarentena.

Tem dias bons e produtivos, tem dias cansativos arrastados. Mas estou lidando bem com a situação, ainda porque tenho as crianças e tenho que passar segurança para eles.

As informações entram aqui bem filtradas, e não é tudo que deixo que eles ouçam.

Sabem de como se prevenir, apesar que eles não saem de jeito nenhum. Sabem que pode ser fatal. Mas estão na leveza da idade e de quanto eles podem entender.

Eles seguem com aprendizados diários e vão crescendo, dentro de casa. As interações com os pais e entre eles, ainda estão controladas..rssss…. Estamos seguindo bem.

O importante é estarmos saudáveis. Algumas pessoas que eu conheço já tiveram o corona vírus mas se curaram com medicações. Não conheço pessoalmente ninguém que faleceu. Estou orando para isso acabar, não gosto dessa sensação.

No começo eu não estava conseguindo relaxar para dormir. Pensando em tudo isso.

Como assim? Porquê? Sério isso?

Mas fui “aceitando ” e somos gratos por podermos nos recolher ao nosso lar, sem ficar nos expondo.

Estamos fazendo uma lista do que aprendemos durante a quarentena com as crianças. Eles escrevem. Além das atividades remoto da escola.

Vou voltar aos poucos.

Beijocas

Feliz ano todo, sempre.

” No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo. ”

Vamos seguir esse sábio Conselho, tendes bom ânimo!!

Um lindo presente de fim de tarde

Renata