Resiliência

Participei de uma formação há um tempo atrás, que em seu princípio maior, a intenção era que nós, os profissionais do setor (digamos assim), nos sentíssemos valorizados, inspirados, animados, alegres, resilientes(fundamentalmente).

Essa formação aconteceu durante todo o ano em um período da semana, e através de dinâmicas, dança, teatro, incentivos a criarmos diários( o que eu fiz com muita alegria), leituras individuais e compartilhadas.

Dentre tudo o que vivenciamos o que me marcou mais foi o fato de conhecer a palavra: Resiliência. Sério!

Vivemos sendo resilientes, mas quando constatamos o que é o termo, tomamos mais consciência de que não é uma situação isolada que só acontece com você e parece que nos tornamos mais fortes para transformar a  vida!

Segundo a visão da Psicologia, resiliência, é a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas – choque, estresse etc. – sem entrar em surto psicológico.

Um pouco forte, né? Mas tão atual, não?

Vivemos como nos últimos dias… incertezas, algumas maldades sem fim, que nos mostra o quanto devemos ser resilientes para que essas provações do dia a dia não nos desestruture.

Aprendi que desfocar do problema e focar na solução dele também ajuda muito, porque a nossa energia positiva vai estar na direção correta.

O que te abala?

O que te deixa triste?

O que te enraivece?

Quando você age por impulso? Gosta do resultado? Não gosta?

Consegue se controlar em momentos de stress?

Ajusta seus “óculos” para a resolução da situação…

Para isso é preciso se conhecer. Tanto nas coisas básicas: qual sua cor favorita? qual seu prato favorito?

Quanto nas mais complexas: qual sua opinião sobre a pena de morte? E sobre o aborto? Como agiria diante de um assalto com seu filho dentro do carro?

Nessa viagem interior descobrimos mistérios escondidos, como em uma ilha do tesouro, peças que vão se encaixando e você  vai percebendo como tudo na vida é:

– simples

– efêmero

– rápido

– prático.

Muitas pesquisas dizem, e eu também digo, que a nossa FÉ, faz com que sejamos mais ou menos resilientes.

Conto sempre com o meu Senhor para cuidar de mim e me amparar. Sem Ele não sou nada. Com Ele enfrento de frente.

É fácil? Não, não é… mas … tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus!

Ele sempre nos dá um alento e uma direção.

Fiquem na paz!!! Espero que tenha feito sentido… às vezes está tudo tão internalizado aqui na minha cabeça, que acho que estou sendo clara… rssss….

Feliz ano novo! Beijocas mil!!!

resiliencia-4

Fonte da imagem: pensandoemfamilia.com.br

Tanque emocional… ou

… termômetro do amor!

Quando estamos enamorados, gostando muito de alguém, apaixonados, início de namoro, conhecendo uma pessoa, ficando…rsss…. enfim, em qualquer uma dessas situações, sempre temos certeza que se agradarmos o outro com algo que ele realmente goste estaremos com alguns pontos na lista, certo?

Mas, ai o tempo passa, um já sabe muito bem as preferências do outro, porém, esse ritual de surpreender não faz mais parte da rotina do casal… e agora, o que fazer?

Não estou falando apenas de presentes físicos, como roupas, sapatos, perfumes, jóias… mas também de cartinhas, telefonemas inesperados, visitas surpresas (bom, esse nem sempre é bom, mas tem quem goste…rssss…eu gosto), uma frase marcante, tem muitas coisas que podemos fazer para agradar o amado (ou amada), sem gastar muito dinheiro… não é mesmo?

Estou lendo um livro, que está na minha lista de leituras que preciso terminar, que se chama “As cinco linguagens do amor”, Gary Chapman, da Editora Mundo Cristão e neste livro entre outras coisas, comenta sobre o tanque emocional do amor, que está relacionado ao nível do sentimento de amor que uma pessoa pode receber da outra, ou seja, se uma pessoa recebe determinada quantidade de amor esse tanque será preenchido proporcionalmente.

Muitas vezes perdemos o ritmo do romance… pelos problemas do dia a dia, corre corre, trabalho, escola, família, filhos, o amor então fica em último lugar… mas sabia que não é o correto?

O nosso parceiro é a pessoa que nos impulsiona a prosseguir (pelo menos é o que tem que ser…), um amor na nossa vida nos revigora, e não o contrário, que te deixa livre, leve e bem disposta a realizar tudo aquilo que você tem que fazer no dia.

Então cabe aqui eu deixar registrado… você quer que seu amor te surpreenda? Deixe você satisfeita emocionalmente? Feliz e arrebatada o dia todo?

Comece por você a realizar essas surpresas amorosas para preencher o tanque do amor do seu par. Aquele que está transbordando de amor terá também para distribuir, um reservatório cheio de amor para dar e receber.

Lembra do meu post sobre listas? rssss… então eu tenho uma lista de agrados que posso fazer ou também das coisas que eu gosto que ele pode me surpreender… com muita vergonha vou dividir com vocês…acho que dá uma ideia daquilo que estou falando…certo?

Namorômetro:

1 ponto: email com 2 kb de mensagem personalizada.

2 pontos: mandar flores/ bexiga de coração.

3 pontos: ver pessoalmente no mínimo por 3 horas.

4 pontos: uma ligação telefônica.

5 pontos: ser totalmente agradável por um mês.

6 pontos: convidar para um jantar romântico.

7 pontos: fazer surpresa/ ser criativo.

8 pontos: TRIATLO ( carinhoso, romântico e agradável).

No total de 100 pontos você pode propor um prêmio…hahahahaha!!!! Eu fiz uma meta… deu certo…!!!

Algumas coisas já estão meio obsoletas, outras ainda valem…né?

Não deixem que o tanque do amor do seu par fique vazio, assim o seu também não ficará! Como um coração cheio de amor!!!

O que acham desse tema? Você costuma “mimar” seu par? Você é “mmimado”?

Espero que você tenha uma vida sentimental incrível, e para quem ainda não achou o seu par, leia o Salmos 40 e tenha certeza que Deus tem o melhor para nós. Nada é demorado, tudo é no tempo certo. O  tempo que nós também estaremos preparados para vivenciar toda a situação!!! É sério! Eu tenho a experiência de ter sido uma solteira convicta …rsss…e agora casada… depois, em outro post falo da minha experiência de esperar, como diz no Salmo 40.

Espero que tenham gostado !! Comentem ai!

Um feliz ano novo para vocês!

Beijocas da Renata.

juju

Profissão mamãe? Sim ou Não? Eis a questão!! – parte 2

Olá!!!

Hoje vocês vão acompanhar depoimento da Andréa Paganotti, relatando a sua experiência de ser uma mãe do século XXI. Inclusive dei uma ideia de fazermos um clube de mães… hahaha!!!

Espero que este relato, assim como me inspirou em muitos detalhes, inspire você também e o aprecie com muita calma, devagar, refletindo… faz bem!!! Beijocas e feliz ano novo!!!!

“Eu cresci ouvindo que se quisesse ser alguém na vida, teria que ser a melhor! E assim… sem medo do que iria encontrar pela frente me preparei para ser a melhor, e sabia que essa busca seria infinita, pra sempre… Em pouco tempo já tinha certo destaque profissional e com isso melhores condições financeiras! As possibilidades de consumo nos enchem de novos sonhos!

Bem, ao longo dos anos além da carreira profissional iniciei minha carreira conjugal!!! Mais um tempo se passou e olha o relógio biológico tocando novamente!!! Eu queria ser MÃE! E então, vieram as perguntas…. “Como vc fará com o emprego? Vc trabalha longe, como vai ser? Nossa mais você trabalha muito, vai parar?” É, eu preciso assumir… usei muito a seguinte frase: “O que importa não é o tempo de dedicação, mas a qualidade do tempo!”

Pois é…. eu engravidei! Uma, duas vezes… em 3 anos… dois filhos!!! Lindos filhos!!! E assim que peguei nos braços aquele ser indefeso, que dependia de mim pra tudo, eu entendi a importância de conhecer a história!

É isso mesmo… “Conheça seu passado, para entender seu presente e mudar seu futuro!”

Minha mãe acompanhou o crescimento das 3 filhas, ela sempre esteve ali, por perto! Sua mãe esteve ali para 11 filhos… e assim foi desde os primórdios!!! Mas quando chegou minha vez… eu queria ganhar o  mundo!!! Queria meu espaço!!! Provar que era capaz de ser Mulher, filha, amiga, profissional, esposa, mãe! Queria mudar a história!!!

PARA TUDO! Não… não dá pra ser tudo isso sem que alguém sofra com isso!!! Nem tudo que é antigo é ruim…

Nessa busca pela mulher perfeita fui amargando frustrações… Já não era mais a profissional que todos queriam, afinal de contas, na minha agenda além dos negócios haviam telefone e consultas ao pediatra, reuniões escolares e eventuais atrasos da babá! Na escola das crianças eu já era a mãe que vivia atrasada! E em casa???? Por mais que me esforçasse pra que a janta estivesse na mesa na hora certa, acompanhasse a lição de casa o relógio não era meu amigo… não havia tempo pro jogo de tabuleiro…

Ah… quase me esqueci do marido… é.. porque eu quase me esquecia dele mesmo…

Mas tudo isso tinha algo de bom…. meus filhos se vestiam bem… passeavam e tinha todos os brinquedos que queriam.. porque mesmo que não tivesse dinheiro eu não poderia deixar de comprar… eu já quase não ficava com eles…

Até que um dia… voltava de uma audiência e estava no caminho de casa… era hora do almoço resolvi dar uma paradinha, as crianças iriam pra escola… Meu filho estava de uniforme… com a cabeça cheia de shampoo… aquilo partiu meu coração… ele ia assim pra escola… se eu não tivesse parado ali…  meu Deus… o que eu estava fazendo com a vida dos meus filhos???

Foi ai que comecei a repensar em toda a minha vida! Eu precisava ter tempo pra formar meus filhos…  Afinal eles são o futuro da sociedade… O que queremos para o futuro?

Assim foi… fiz minha escolha… Escolhi meus filhos!!! Faz um ano que tomei minha difícil decisão… Ainda hoje não é fácil… deixei pra trás 20 anos de carreira sólida para qual eu levei metade da minha vida me preparando… a minha independência financeira se foi junto com a vida executiva… e me roburizo cada vez que preciso do cartão do marido… rs… eu estou aprendendo de novo… Mas as crianças nem tem mais tempo para escolher a nova tecnologia, porque o tempo livre delas é ocupado com nossas conversas, filmes que podemos ver juntinhos e até mesmo discussões sobre o comportamento inadequado…

É eu troquei o transito enloquecedor de São Paulo, pela limpeza da casa… e acreditem… minha casa é muito mais limpa e organizada agora, e nem é tão chato assim… sou dona e chefe do meu lar!!! Eliminei a falta de tempo e ganhei qualidade de vida!!! Deixei o status de executiva e ocupei o melhor lugar do mundo… Sou mãe em tempo integral!!!

O marido, apesar da preocupação de agora ser a única renda… se orgulha de poder ser o  “Provedor”!

E as crianças??? Ah…. essas deixaram as madrugadas acordadas pra trás…. Acordam cedo e tem tempo pra pegar uma piscina… Estão bronzeadas, saudáveis e felizes….

Ganhei uma nova família.. porque me conquistei de volta…

Ah…sabe aquela frase sobre qualidade e quantidade??? Pois é, se isso fosse verdade… Só uma boa colher de arroz saboroso mataria a fome não é?!

Agora seu eu penso em voltar a minha carreira um dia??? Eu estarei aqui quanto tempo for necessário… bem assim… como minha mãe!!!

Organizando festas infantis em casa

   Bom dia!!!

Para hoje preparei um post que orienta nos primeiros passos de uma preparação para festa infantil “caseira”. Para as crianças esse evento é muito importante. Nem que seja apenas um bolo com suco devemos ter essa preocupação. Conheço adultos que muitas vezes dizem:

_ Nunca tive um bolo de aniversário na minha infância.

Me corta o coração de verdade. Não custa nada fazer uma reuniãozinha íntima e comemorar uma data tão importante,

Vou abordar festa infantil, pois um jantar, pequenas reuniões, receber amigos em casa com um almoço, café da tarde é mais habitual e fazemos sempre. Já as festas infantis demandam uma preparação maior e com muito mais antecedência, concordam?

Relatarei experiências próximas a mim e comigo também, certo? Pode haver outras formas de organizar, mas da maneira que vou relatar aqui dá certo comigo, mesmo porque as festinhas que organizo para o aniversário de sobrinhos e filhos são para poucos convidados e caseiras mesmo…. Olha, inclusive estou na fase da festa resumo, que explico no final do post…rsss….

Bom, num primeiro momento eu ajudava minha irmã na organização das festinhas dos filhos delas. Meus lindos sobrinhos. Inclusive o primeiro aninho da Fernandinha foi um grande evento para nós. Foi um momento muito importante que guardarei para sempre na memória e no coração. Inclusive foi aniversário dela ontem!  Beijinhos para ela!!!Renata e sobrinhosEssa foto é meio antiguinha, mas o que vale é a homenagem…rssss.

Com o nascimento dos meus filhos, primeiro o Paulo e depois Mari, fui pegando um ritmo de organizar que para mim hoje é muito fácil ir preparando com tempo as coisinhas que faremos durante a festinha. Já são 5 anos de praia…rssss….

Primeiro, escolhemos o tema da festa, no primeiro aninho a gente mesmo escolhe pois é difícil perceber quais são os personagens favoritos da criança, a partir do segundo ano eles começam a expressar melhor suas preferências.

Preparo a lista das pessoas que vou convidar e observo quantas crianças e quantos adultos confirmam a presença. Faço isso com um mês de antecedência. Convido online e também com convitinhos do tema da festa. Compro pronto ou preparo no computador do jeito que eu gosto…depende do tema.

No decorrer desse tempo, preparo o painel do tema escolhido( principal que fica na mesa do bolo) e as lembrancinhas. Gosto de fotografia, vocês já devem ter percebido, não é mesmo? Então nos primeiros três aninhos do Paulinho a lembrancinha para os adultos tinha relação com a imagem do garoto…rsss…enfim… eu gosto, acho que traz recordações… mas tem uma infinidade de outras coisas que podem ser feitas… Não sou muito habilidosa com atividades manuais, então se eu consigo fazer uma coisa apresentável, todo mundo consegue…rs…sério!

Depois contrato o bolo e os docinhos. A própria boleira te indica a quantidade certa para o bolo e para o doce, dependendo do número de pessoas que vão à festa. Eu tenho uma indicação ótima de boleira. Vou perguntar para ela se posso divulgar, já que ela tem tanto,tanto cliente…hahaha!!!!

Os salgados assados e fritos  também contrato, já que é uma quantidade grande geralmente que se pede. Geralmente eles também me dão um número de salgados por convidado e nunca fiquei na mão. Gosto de servir um hot – dog, batatinhas fritas, lanchinho de carne… os adultos gostam!!

Mais ou menos com uma semana de antecedência vou a uma doceira especializada em aniversários e compro as guloseimas para a mesa de doces e para a sacolinha surpresa das crianças. Coloco de sete a dez itens em cada sacolinha, geralmente personalizada com o tema da festa.

No Facebook tem várias comunidades que as mães relatam suas experiências, pedem sugestões, postam dúvidas, e cada vez mais percebo como está mais organizado e lindo os detalhes. Uma comunidade que sigo é o Fazendo a nossa festa. Tudo é compartilhado de graça e tudo muito fofo e bonitinho… vale a pena seguir. A troca de experiências entre os estados também é muito interessante. Tem Estados brasileiros que servem pipoca nas festinhas, uma coisa que não é comum aqui em São Paulo, a não ser que seja uma festa temática, como uma festa junina.

Depois disso, contrato também a diversão da festa. Piscina de bolinhas é a preferência nacional aqui em casa…rss….então eu peço sempre com o mesmo fornecedor, que encontrei (acreditem ou não ) na lista telefônica…sim, isso ainda existe…hahaha!!!! Ele traz também um pequeno escorregador para a criançada como brinde! Muito divertido!  Hoje em dia tem muitos sites especializados na diversão da festa e no Instagram para que mora em Brasília, fica a dica: “MIXFESTASDF” (locações para artigos de festas, peças decorativas, mesas, cadeiras, brinquedos. Orçamento por email e telefone). Confira!

Os sucos, água e refrigerantes também tenho um fornecedor que me indica a quantidade certa. Não contrato bebida alcoólica.

A roupinha que a criança irá se apresentar na festa também é divertido ser do mesmo tema. No primeiro aninho do Paulinho ele ficou com duas roupinhas. Uma para ficar durante a festa e outra para a hora do parabéns (dica de uma amiga muito querida)!!! A Mari já ficou fantasiada de Branca de Neve o tempo todo…ninguém tira a fantasia dela. Sério mesmo!

Preparo as máscaras de rosto, os chapeuzinhos, as bexigas e o bexigão faltando um dia para a festa com ajuda da minha mãe, meu marido e meu padrasto que enche todas as bexigas… uma das coisas que dá mais trabalho é a bexiga, concordam? São muitas… em vários locais diferentes…enfim… minha opinião…rsss… Geralmente faço na casa da minha mãe, pois moro em um prédio de apartamentos que não tem salão de festas. Também já fiz no salão da igreja.

Bom, acho que é isso. Vou colocar algumas festas apenas como ilustração para que vocês percebam a simplicidade que eu faço as coisas e mesmo assim ficamos todos felizes no final com a sensação do dever cumprido.

Ah! Sobre a festa- resumo, é só uma brincadeira. Ano passado devido a umas ocorrências alheias a mim, fizemos apenas um bolinho com refrigerante, tanto para o Paulinho como para a Mari. Então não teve toda aquela socialização de esperar o pessoal, ir conversando durante a festa, preparação das brincadeiras, mas depois do culto da igreja, cantamos parabéns e comemos o bolo… apelidei de festa resumo que já vai aos finalmente, ao alvo da festa…entenderam? Gosto de apelidar as coisas, vocês vão perceber…rssss….

Aí vão as fotos.

1 aninho do Paulinho: Tema Circo

DSC03303DSC03259

DSC03327

2 aninhos: Tema Turma do Cocoricó (ele amava a turminha)

DSC05380DSC05470

Os registros do evento são a principal recordação. Geralmente nós mesmoS que tiramos aqui em casa. Não contratei um fotógrafo ainda… mas nunca diga nunca, não é mesmo?

3 aninhos: Tema Thomas e seus amigos

DSC06952

Ficou apresentável, não é mesmo? rsss…. o Paulinho amou!

DSC06971O bolo foi enfeitado com papel arroz, com a página do livro do Thomas do livro que ele mais gostava.

DSC07053Maletinha com as guloseimas e a personalização com foto. Feito por mim…rsssss

DSCN2283[1]Painel da Peppa Pig.(festa resumo da Mari, depois do culto também)

DSCN2241[1]Bolo da Mari

DSCN1940[1]Festa resumo do Paulinho.

Pessoal, espero que tenha dado alguma orientação que sirva para a realidade de vocês. Espero poder ter contribuído com alguma dica legal. Um grande abraço e obrigada pela leitura!

Feliz ano novo! Sempre é tempo de começar!!! Beijocas da Renata!!!

Bienal do Livro em São Paulo

 

bienal 2

Bom dia!!!

Você gosta de livros? Gosta da Bienal em São Paulo? Para mim é um grande evento…rssss….eu me preparo….

Gente eu acompanho no Twitter o perfil da Bienal do Livro( @bienaldolivrosp)! E eles já estão a todo vapor para o início dos trabalhos em agosto, com a 23 edição do evento  com convidados já confirmados.

Bom, eu frequento desde a adolescência a Bienal, porém no último ano (2012), foi muito especial para mim … fui com os meus filhos pela primeira vez… Paulo e Mariana, amam os livros e isso para mim é motivo de orgulho.

Todo mundo perguntou: Puxa! Você foi com crianças para a Bienal, é muito cheio…rsss…. mas, acho que  dei sorte, porque no fim de semana que eu fui, era dia dos pais e estava uma frequência não baixa, porém normal e não lotado…entendem?

Não enfrentamos fila para entrar, nem para retirar os convites… isso foi muito rápido.

Como eu sou professora, e as crianças não pagam só o Marcos, meu marido, comprou o ingresso. Mas não teve fila para ele também!

Gosto dos crachás… gosto dessas lembranças para guardar do evento…guardo tudo….!!!wpid-20140213_102627.jpg

Entrando na bienal, vemos vários stands muito enfeitados, alegres, chamativos, com autores famosos, principalmente na minha área Educação Infantil, este último ano, vi o Ziraldo, o Maurício de Sousa, amoooo!!!

http://instagram.com/p/ObmmbuRMAi/

wpid-IMG_9087334860571.jpeg

A iluminação para leitura também é perfeita!! E para fotos…kkkk!!!!

As crianças divertiram-se bastante! Comprei alguns livros para mim, comprei alguns para elas, revistinhas HQ…

A praça de alimentação é gigantesca e com muitas opções. O preço é justo e nada abusivo!

Este ano estarei lá também. Espero me surpreender mais uma vez!!!

Feliz ano novo !!! Beijocas!!!

Pincéis de maquiagem

Estava eu andando para mais um domingo comum de reposição das compras da semana, quando me deparei com a palavra “liquidação” numa lojinha dentro do mercado de perfumes, maquiagens, pincéis… Bom, para falar a verdade, a liquidação não estava tão boa assim…rssss…porém, vi um kit super fofinho de pincéis da Macrilan que não tive como resistir… trouxe um para mim, e mais dois que presenteei umas queridas amigas do meu serviço.

Tinha outras cores, porém trouxe o kit rosa, que eu acho mais feminino…apesar de que pincel de maquiagem é um item feminino ao extremo, seja de que cor for, não é mesmo?

Não sei o preço anterior, porém no domingo estava por $5, 90. Achei uma pechincha… me corrijam se eu estiver errada, ok? Estou meio por fora de preços…rssss….

wpid-20140210_112105.jpg

 

Como vocês podem ver, vem no kit 5 pincéis( da esquerda para a direita): pincel para sombra, pincel para aplicar batom (antes eu não via muita utilidade, hoje para mim é um item indispensável), pincel para blush, outro pincel para sombra, para esfumar e aplicar também, pincel duo – pente e escova para cílios e sobrancelhas.

Na embalagem explica cada função dos pincéis e ainda dá dicas para limpeza e conservação. A origem é da China e a validade é por tempo indeterminado.

Ainda não experimentei, mas em breve posto minhas impressões, certo?

Tenho um pincel de aplicar base e pó da Macrilan que eu gosto muito… espero que estes também me surpreendam.

Todo dia é dia de se arrumar e ficar bonita. Afinal, a todo momento da vida, podemos ter muitas surpresas boas e felizes…então vamos ficar sempre prontas, por dentro, espiritualmente e por fora, uma beleza de cuidados com o que Deus sempre nos dá!!

Feliz ano novo! Beijocas!!!

Férias com as crianças

DSC08982Desde que comecei a trabalhar fora, todas as férias eu viajava com amigas para lugares turísticos dentro do Brasil mesmo… (na minha época era mais difícil ir para o exterior, e olha que se você comparar hoje, gastamos muito mais aqui no Brasil do que para os EUA, por exemplo…não é mesmo?)

Bom, com o tempo, eu casei, e continuamos a viajar meu marido e eu, para alguns lugares tranquilos… e sempre confirmávamos um ao outro: Quando tivermos filhos não vamos deixar de viajar, que era para nós uma forma de vivenciar a alegria, o amor e a paz. Renovar as pilhas e a energia com uma viagem é sempre muito reconfortante e desestressante, concorda?

Quando veio meu primeiro filho, eu meio que mudei o meu jeito, explico, de desencanada, passei a ser superprotetora, preocupando com o clima, vento, essas coisas…rssss….

Porém, prevaleceu a verdade da família, e continuamos a viajar mesmo com o filho. Ainda para lugares calmos, tranquilos e quentes…DSC09036

Com a chegada da Mariana, aproveitamos a minha licença maternidade e viajamos fora de temporada, o que significou um lugar mais “tchan” e bem mais em conta… Ainda dentro do Brasil.

Viajar com crianças requer também uma preparação, que além do local que se vai, orientações com o pediatra sobre que tipo de medicamentos levar para alguma emergência. DSC09066DSC09144

Conhecendo meus filhotes, sei que tem reações alérgicas a alterações de temperaturas,  portanto levo um pequeno arsenalzinho farmacêutico para este tipo de situação, incluindo o nebulizador para eventuais inalações.DSC09084

Não deixo de levar também: protetor solar infantil, boné, roupas leves, cerca de 3 trocas por dia que vou ficar, antitérmico, um agasalho, chinelinhos, brinquedinhos, loção anti mosquito (vocês conhecem a loção da Johnson?)… enfim, faço uma listinha agora, depois que esqueci as cuequinhas do Paulinho…rsssss…..

Minha próxima meta de viagem com crianças, vou precisar de uma consultora experiente, ou seja, minha amiga Rosângela, que com seu marido e filha desbravam muitos lugares para fora do Brasil… mas vou pedir para ela muitas explicações e posto aqui as orientações que para ela foram boas e úteis, e a gente vai adaptando para a nossa realidade, certo? DSC08942

Queridos, espero que este post possa ter dado uma “iluminada” para quem que como eu é inseguro em relação ao conforto e bem estar das crianças… só quero salientar, que tanto de carro, como de ônibus, como de avião, podemos viajar com alegria com nossos filhos!

Divirta-se sempre! Fique com o vídeo da primeira espera no aeroporto do Paulinho… rssss

Feliz ano novo! Beijocas!

Onde está o seu coração?

DSC01833

Este post também pode se chamar: De quando passei por um momento difícil…

Após o nascimento do meu primeiro filho, a amamentação para mim foi algo marcante. Passei por algumas situações e enfrentei dificuldades, apesar disso não desisti de amamentá-lo. Porém, precisei me alicerçar na Palavra de Deus. Vou compartilhar com vocês um texto biblico que li durante os maus bocados…rssss….Espero que gostem!

A leitura fica em Cantares 6: 1-5 e conforme vou registrando o versículo vou incluindo o que a Palavra falou ao meu coração, certo?

verso 1: “Para onde foi o teu amado, ó mais formosa entre as mulheres? que rumo tomou o teu amado? E o buscaremos contigo.”

O nosso coração deve estar na mão de Deus. Os nossos anseios e desejos devem ser conforme a vontade de Deus na nossa vida, porque ele sabe o que é melhor para nós. Devemos buscar em oração, na Palavra o que o amado Senhor Jesus tem para nós, dessa forma toda a nossa caminhada vai ser de vitória, porque estaremos no rumo certo.

verso 2:” O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros de bálsamo, para pastorear nos jardins e para colher os lírios.”

Quando louvamos, cantamos e oramos ao Senhor aparecem os frutos do Espírito na nossa vida. O Senhor olha para nós, ouve a nossa oração e nos responde. Quando Deus responde a nossa oração sentimos um amor inexplicável invadindo o nosso interior porque Ele tem cuidado de nós. Ele não nos abandona em nenhuma situação. Está sempre atento ao que acontece na nossa vida e não deixa o mal chegar até nós. Como diz também na palavra que “mil cairão ao seu lado e dez mil a tua esquerda, mas nós não seremos atingidos”, porque estamos debaixo da proteção do Amado que pastoreia a nossa vida, que nos guarda.

verso 3: ” Eu sou do meu amado e o meu amado é meu; ele pastoreia entre os lírios.”

A aliança que Deus estabelece com aqueles que são de Cristo é uma aliança eterna, um compromisso de amor, que nos traz a paz, que nos traz alegrias, que nos traz vitórias, saúde, esperança, força. Em meio a adversidade nos vemos esperançosos, felizes, tranquilos, porque o Senhor é o dono da nossa vida. O inimigo está derrotado e a vitória pertence a nós filhos do Deus altíssimo que nos amou, nos escolheu, para sermos servos seu.

verso 4: “Formosa és, querida minha, como Tirza, aprazível, como Jerusalém, formidável como um exército com bandeiras.”

O Senhor vê o nosso interior e pede que nós estejamos abertos para nos arrependermos, com o coração quebrantado, humilhado na presença do Senhor, no sentido do nosso Eu morrer e o Senhor crescer dentro de nós para que a cada dia sejamos a imagem de Cristo, tenhamos os frutos do Espírito Santo na nossa vida para que através de tudo o que somos, tudo o que temos, não seja honra nossa, mas Dele e que as vidas sem Jesus, que sofrem, que padecem por não terem direção possam ver através da nossa vida o amor de Deus e conhecerem o Autor e Consumador da nossa fé que é Cristo o Senhor. Essa é a nossa missão na Terra,  levar a Palavra de Deus, fazer a obra de Deus, viver como se Jesus fosse voltar hoje, não perdendo oportunidades de falar desse amor. Vamos hastear as bandeiras na nossa vida para que sinalize que somos de Cristo. Diga nao a autocomiseração, diga não a tristeza, diga não a preocupação. “Entrega o teu caminho ao Senhor e ele tudo fará, guardará os seus pés, os seus passos.” Ele é a razão da nossa vida, da nossa vitória. Vamos agradecer por sermos atraídos a um tão grande amor. Louvado seja o nome do Senhor.

Gostaram do estudo?  Deixe um comentário.DSC08993

Feliz ano novo!!! Beijocas!!!