Amor de tia…

ou… o infinito num sorriso!

Amor de tia não se explica com palavras…

Afinal, somos privilegiadas.

Para os meus sobrinhos com amor!!!

DSCN3198

Amor de tia

Sorvete de chocolate

Um dia lindo de verão

Um passeio de balão

O coração que bate

Num compasso de amor

De entrega

Recomeço

Intenso ciclo, dinâmico,

Fôlego de vida e alegria.

Amor infindo

Incomparável

Segredinhos…

Brincadeiras…

Fase a fase

Crescendo juntos!

Amor eterno

Infinito!!!

Feliz ano novo sempre!

Beijocas da tia coruja!

DSCN3362

Renata

 

 

Feliz Páscoa!

Gostaria de desejar a todos vocês uma feliz Páscoa!

E o mais incrível é que se você pensar bem no verdadeiro sentido da páscoa, verá com nitidez que também podemos ter Páscoa todos os dias.

Páscoa é o maior amor de Deus por nós!

Já viram o vídeo que está no youtube das criancinhas narrando e dramatizando o verdadeiro sentido da páscoa?

Vou deixar aqui para vocês apreciarem… refletirem… acharem fofo fofo fofo!!!

Repassem para as crianças  assistirem!!

Feliz Páscoa! Feliz ano novo! Beijocas

Renata

Todos juntos! Parte final

Pessoas queridas! Passaram bem o dia?

Eu escrevo assim, porque escrevo a noite… mas caso você esteja lendo de dia, que tenha um lindo dia e uma excelente noite também!!! Todos nós, sempre!

Hoje chega ao fim o percurso que trilhamos durante esta semana… obrigada pela companhia de todos que vivenciaram comigo toda a maratona do Salmo 122! Espero que agora esta palavra faça companhia em todas as suas andanças!! Que te alcancem a paz e o que vamos falar hoje o AMOR!!!

Hoje falaremos sobre o versículo 8 e 9:

“Por amor dos meus irmãos e amigos, eu peço: haja paz em ti!

Por amor da Casa do Senhor, nosso Deus, buscarei o teu bem. ”

A própria Bíblia nos diz que existem muitos dons… mas o maior deles é o amor.

Vivendo em amor temos a tendência de querer compartilhar, ajudar, ouvir, chorar junto, nos alegrar junto…

E Deus se alegra das pessoas misericordiosas!

Quando eu vivenciei uma situação dramática certa vez, o trauma foi passando, mas um dia tive um sonho…

E no sonho que eu tive, Deus me mostrava claramente o sentimento que eu devia  ter no coração apesar de tudo… e sim, era o amor…

Nas controvérsias também devemos exercitar esse dom!

Declarar amor a família, aos amigos, aos irmãos, é bom, é importante, vale a pena !

Provérbios também nos diz que há amigos mais chegados que um irmão…

Cercar-se das pessoas que te fazem bem, é ótimo! É por elas, todas as pessoas que você ama, convive e conhece que estamos aqui orando!!!

Mas, não vamos nos esquecer dos renegados… ! Orem por eles…

Para que a paz seja real, o maior dom é o amor!

Para o nosso bem: vamos amar incondicionalmente!

amor proximo

 

Feliz ano novo sempre! Beijos!

Renata

 

 

Todos juntos! parte 2

Estamos falando sobre o Salmo 122.

Para quem está chegando agora, ontem falei sobre o título do capítulo ( confira aqui ) e hoje falarei sobre o primeiro versículo:

“Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.”

A nossa alegria tem que independer do que sentimos, sabia disso?

Ela deve brotar de dentro do nosso ser, a todo momento. Pois isso nos fortalece!

Quando crianças, ficamos felizes em ganhar presentes, doces, mimos… e quando ficamos adultos acostumamos a pensar que só se tivermos tal e tal coisa seremos felizes…

Não é bem assim… acredite!

Muitas moças acham que sendo solteiras serão infelizes, as casadas acham que se tiverem filhos serão felizes, as que tem filhos  acham que se forem magras serão felizes, as magras acham que se forem atletas serão felizes, e por ai vai e não tem fim…

Será que somos pessoas difíceis de se contentar?

Nossa natureza humana nos impede de vermos as situações com os “olhos de Deus”?

Temos que nos alegrar em estar na casa de Deus. A alegria deve emanar da atmosfera do amor de Deus na nossa vida.

Hoje você abriu os olhos, enxergou a vida, vivenciou situações, e o  tempo todo você tem duas opções:

alegrar-se!

ou não…

Alegrar-se é ser agradecido, fortalecido, positivo, firme, decidido, humilde, aprendiz, calmo, sereno e tranquilo… confiante em que Deus é por você e na sua frente!!!

Vamos sempre nos alegrar?

Tem alguma história da alegria perene para compartilhar?

Deixa aí nos comentários certo?

Feliz ano novo todo dia!!! Beijocasalegria

Renata

Todos juntos!

Vou deixar o Salmo 122 para a meditação de todos!

O título do capítulo é:

Oração pela paz de Jerusalém!

O que eu quero deixar aqui hoje é que podemos usar esse Salmo para qualquer área da nossa vida que precisa de paz.

Também pela nossa nação, nosso Estado, nossa cidade, nosso bairro, nossa rua, nossa casa!

Cada dia dessa semana, vou tentar passar um pouco de como esse salmo me toca!

Foi muito importante em uma hora que eu estava muito muito aflita!!

Hoje deixo para você escolher em que área da sua vida você vai focar para a nossa meditação da semana.

Todos juntos somos muito mais fortes!

Até a própria Palavra diz que se um ou mais falarem em nome Dele, ali Ele estaria!

Fique com a paz do Criador sobre a sua vida!

Feliz ano novo sempre!paz

Beijocas

Renata

João de barro

wpid-IMG_98476126808929.jpeg

Conseguem ver?

Este João de barro é um grande guerreiro!

Chegou o tempo da poda das árvores, na época que essa foto foi tirada.

Podaram justamente um dos galhos que ele tinha sua casinha de barro e a casinha caiu e quebrou.

O inverno vinha chegando. Mas ele não se deu por vencido, já que tinha uma família para abrigar.

Ele recomeçou a construção. Barrinho por barrinho, galhinho por galhinho, coisinha por coisinha, detalhe por detalhe.

A cada dia, sozinho, ele ia aumentando a sua construção. Sem reclamar, sem perguntar:

_ Porque meu Deus derrubaram a minha casinha que já estava prontinha!!!!!!

Sem drama, sem exageros, sem auto-comiseração.

Apenas fazia, construía, acertava, ia terminando.

Nesta fase da foto, ele estava bem adiantado, né? Mas ainda não estava pronta.

Demorou umas duas semanas para terminar tudo mesmo!

Eu não sou observadora de pássaros, mas é que eles moravam nessa árvore bem em frente do meu pedaço!!! rssss… não tinha como não se envolver…

Pois bem!

Conclusão de tudo: sejamos como o joão de barro. Caiu, levanta, quebrou, refaz, não deu, ok, parte para outra. Sem dramas!

Recado dado!

Espero que todos os seus dias sejam cheios de vitórias!

Feliz ano novo! Beijocas!!!

 

Decepção ou…

…o que não me mata, engorda, ops, me fortalece!

Leia II coríntios 12.10.

O que é da natureza humana?

Sentimentos.

Com a intensidade de cada um é que as situações se nos apresentam… Mas através das pessoas (conhecidas) nos vem um que é o vilão de todos eles: a decepção.

Como machuca…

Como machuca…

Quem nunca se decepcionou com alguém não vai entender o que estou escrevendo.

Vou tentar explicar, esperando sinceramente que você nunca passe por isso, mas logo em seguida darei o antídoto. Porque a vida é muito curta para remoermos sentimentos adversos…

Imagina a seguinte situação com os seguintes personagens que você pode escolher:

amigo – amigo

filho – pai

professor – aluno

namorado – namorada

marido – esposa

tia – sobrinho

irmão – irmão

Sim, pessoas bem próximas…

Agora, escolha o cenário:

1- traição

2- calúnia

3- difamação

4- inveja

5- roubo

6- ciúme

7- desconfiança

Finalmente, escolha o desfecho:

1- inimizade

2- morte

3- separação

4- prisão

5- sofrimento

6- depressão

7- mágoa

Tudo isso é muito triste, não é mesmo?

Decepção, é o nome!

Porém, como prometi, darei a receita do antídoto.

Como sempre, eu acredito, para não chegar em nenhum destes estágios, é viver na Palavra Viva!

Somos realmente fracos. Mas em Cristo somos fortes, e o apóstolo Paulo ainda afirma que todo o sofrimento que passarmos contribue para nos tornarmos mais e mais fortes.

Os sábios sempre tiram uma lição de vida quando passam por alguma situação que os desestrutura.

“Porque quando sou fraco, então é que sou forte”.

Fortaleça-se no amor de Cristo!

Nas decepções também?

Sim!

Quer um desfecho diferente do que foi apresentado?

Leia I coríntios 13: 1 – 5.

O amor é bom, não quer o mal!!

Já falei de amor por aqui, né?

Medite!

Feliz ano novo sempre! Beijocas!

Renatadecepcao

All we need is love

ou… viver e aprender a jogar!

Tudo Que Você Precisa é Amor

Amor, amor, amor

Amor, amor, amor

Amor, amor, amor


Não há nada que você possa fazer que não possa ser feito

Não há nada que você possa cantar que não possa ser cantado

Nada que você possa dizer, mas você pode aprender a jogar

É fácil


Nada que você possa fazer que não possa ser feito

Ninguém que você possa salvar que não possa ser salvo

Nada que você possa fazer, mas pode aprender a ser você a tempo

É fácil


Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor, amor

Amor é tudo que você precisa


Amor, amor, amor

Amor, amor, amor

Amor, amor, amor


Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor, amor

Amor é tudo que você precisa


Nada que você possa conhecer que não seja conhecido

Nada que você possa ver que não esteja à mostra

Nenhum lugar onde possa estar que não seja onde você deveria

É fácil


Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor, amor

Amor é tudo que você precisa


Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor

Tudo que você precisa é amor, amor

Amor é tudo que você precisa

Amor é tudo que você precisa

Amor é tudo que você precisa

Amor é tudo que você precisa

Amor é tudo que você precisa

Amor é tudo que você precisa

Link: http://www.vagalume.com.br/the-beatles/all-you-need-is-love-traducao.html#ixzz2xAPXZizg

Feliz ano novo sempre!!! Beijocas!!!!

Renataamor

Resiliência

Participei de uma formação há um tempo atrás, que em seu princípio maior, a intenção era que nós, os profissionais do setor (digamos assim), nos sentíssemos valorizados, inspirados, animados, alegres, resilientes(fundamentalmente).

Essa formação aconteceu durante todo o ano em um período da semana, e através de dinâmicas, dança, teatro, incentivos a criarmos diários( o que eu fiz com muita alegria), leituras individuais e compartilhadas.

Dentre tudo o que vivenciamos o que me marcou mais foi o fato de conhecer a palavra: Resiliência. Sério!

Vivemos sendo resilientes, mas quando constatamos o que é o termo, tomamos mais consciência de que não é uma situação isolada que só acontece com você e parece que nos tornamos mais fortes para transformar a  vida!

Segundo a visão da Psicologia, resiliência, é a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas – choque, estresse etc. – sem entrar em surto psicológico.

Um pouco forte, né? Mas tão atual, não?

Vivemos como nos últimos dias… incertezas, algumas maldades sem fim, que nos mostra o quanto devemos ser resilientes para que essas provações do dia a dia não nos desestruture.

Aprendi que desfocar do problema e focar na solução dele também ajuda muito, porque a nossa energia positiva vai estar na direção correta.

O que te abala?

O que te deixa triste?

O que te enraivece?

Quando você age por impulso? Gosta do resultado? Não gosta?

Consegue se controlar em momentos de stress?

Ajusta seus “óculos” para a resolução da situação…

Para isso é preciso se conhecer. Tanto nas coisas básicas: qual sua cor favorita? qual seu prato favorito?

Quanto nas mais complexas: qual sua opinião sobre a pena de morte? E sobre o aborto? Como agiria diante de um assalto com seu filho dentro do carro?

Nessa viagem interior descobrimos mistérios escondidos, como em uma ilha do tesouro, peças que vão se encaixando e você  vai percebendo como tudo na vida é:

– simples

– efêmero

– rápido

– prático.

Muitas pesquisas dizem, e eu também digo, que a nossa FÉ, faz com que sejamos mais ou menos resilientes.

Conto sempre com o meu Senhor para cuidar de mim e me amparar. Sem Ele não sou nada. Com Ele enfrento de frente.

É fácil? Não, não é… mas … tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus!

Ele sempre nos dá um alento e uma direção.

Fiquem na paz!!! Espero que tenha feito sentido… às vezes está tudo tão internalizado aqui na minha cabeça, que acho que estou sendo clara… rssss….

Feliz ano novo! Beijocas mil!!!

resiliencia-4

Fonte da imagem: pensandoemfamilia.com.br

Organizando os brinquedos dos filhos

É com muita relutância que inicio esse post…
Acho que ainda não estou preparada para ele!
Mas, acho que em parte tenho a teoria de como fazer dar certo…entendem… não que para mim esteja 100 por cento, mas acho que consegui chegar nos 80 por cento.
Quando eles são bebês, quase não temos brinquedos em casa e o que temos são tão pouquinhos que cabem numa gavetinha, não é mesmo?
Mas, aí, chega o primeiro aninho… aniversário, festa, presentes, e a maioria dos presentes são brinquedos, não é mesmo…
Seu filhinho vai ficando mais velho, mais esperto, conhecendo mais personagens infantis, você acha fofo e compra, ele também ganha muita coisa, e … você já sabe o final da história, muito brinquedo acumulado, espalhado pela casa e sem lugar definido para guardar. É assim que acontece…
Porém, nem tudo está perdido!
A organização independe do tamanho da sua casa… mas quanto maior sua casa é, mais espaço para armazenar você terá, ou acumular? Bom, não sei…rssss…!
Inicie a sua organização planejando o seguinte:
1- O que ele não usa mais? Vai para doação.
Muitas escolas, creches, orfanatos, aceitam doações de brinquedos usados para as atividades de recreação com as crianças que frequentam o estabelecimento. Podem acreditar, nesses locais, brinquedo nunca é demais.
2- O próximo passo separar por categorias todos os brinquedos. Por exemplo: carrinhos hot wheels, numa caixa, bonequinhos em outra caixa, trenzinhos, em outra caixa, bonecas, no meu caso agora, tenho os dois gêneros infantis em casa, e a menina ama bonecas, carrinhos de bonecas, panelinhas, escovas, barbies, todas essas coisas… enfim. Categorizar e separar em caixas. Acho que aquelas caixas plásticas organizadoras são as melhores, porque tem tampas e um espaço adequado ao tamanho do que vai ser guardado. Você pode comprar grandes para brinquedos maiores e pequenas e médias para brinquedos menores. Vale também sacolinhas e caixinhas de papelão duro, fofas…sabem como é?
3- Nesta etapa, o que vai contar agora são os combinados a serem feitos com as crianças. Você deve combinar que quando pegamos a caixa do Lego, por exemplo, devemos antes guardar a caixa dos trenzinhos. E sempre que terminar a brincadeira devemos devolver na caixa tudo o que pertence a ela. Bom, esta é a etapa principal…rssss… Ir revezando por semana as brincadeiras, ou a cada quinzena… não sei, depende do quanto a criança gosta de determinado
brinquedo.
Eu estou caminhando… acredito que dessa forma vamos conseguir organizar a casa, sem aquela tensão de ter sempre que estar tudo impecável. Com criança em casa não é assim… temos que ter organização mas sempre em equilíbrio. Concordam?

Vou deixar aqui uma ideia de como eu venho organizando… sugestão, certo?

DSCN3473

Quebra-cabeças, letrinhas plásticas e em e.v.a., lápis coloridos…

DSCN3474

carrinhos hot whells, carrinhos pequenos, bonequinhos plásticos….

DSCN3476

bonecas, aleatórios, carrinhos de bebês…rssss…..

Uma coisa que não mostrei em foto: a coleção do Thomas e seus amigos do Paulinho… ela está sempre em movimento, não consigo organizar…sorry!!! Os livrinhos infantis para leitura, cadernos de desenho, material de lição de casa, em outro espaço (armário).
Qual é a sua forma de organizar os brinquedos das crianças? Compartilhe comigo. Escreva ai nos comentários!

Feliz ano novo! Beijocas!!!