#Série: Comunicação Infantil – #Episódio 2

Olá pessoal!! Tudo bem com vocês? Espero muito que sim!!

Ontem, dia 08, foi aniversário da minha pequena guerreira valente rosa safári:

Mari 4 anos Ela fez 4 anos de pura alegria, coragem, amor, intensidade e festa!!!

Parabéns minha filhinha, mamãe te ama !!!

Mas… hoje, eu trago o episódio 2 da série sobre comunicação infantil, que foi um marco para mim, uma mini palestra que tirou uma venda dos meus olhos…rsss… resolvi ilustrar com uns exemplos do Paulinho e da Mari, pois achei muito muito importante para ficar apenas lá no papel… certo? Neste episódio a fase da criança vai dos 4  aos 7 meses!

Algumas pessoas estão gostando e comentando! Espero que vocês gostem também!!!

Abraços mil!!

Feliz ano todo!!!

Renata

 

Fofurices do dia a dia…

DSCN3488[1]

Tenho uns caderninhos de registro  das fofurices do Paulinho e da Mari.

Como o Paulinho é o primogênito tive até tempo de fazer um Diário da gravidez, que ganhei das queridas Renata( respiroexcel.wordpress.com) e Fernanda(eucurtiestelivro.blogspot.com) e nele registrava os sentimentos da gravidez até os 3 meses do bebê Paulinho. Fiz tudo direitinho… Depois passei para o caderninho preto e escrevia tudo do dia a dia do garoto até os 9 meses.

A seguir, passei a registrar o quanto de palavras que ele dizia e como pronunciava cada palavrinha. Agora registro frases espontâneas, inesperadas, que ele fala que nem eu sei como ele teve aquela ideia, como ele pensou daquele jeito.

O caderno amarelinho é o caderno de registro dos convidados da festa de 1 aninho do Paulinho e da Mari…rssss… cada um colocou uma homenagem para eles que sempre que  releio, choro com tanto amor e carinho.

Com a Mari, a vida ficou mais corrida, mas também arrumei um tempinho para escrever no caderninho da Moranguinho… vou registrando mês a mês a evolução que ela faz, palavrinhas ditas e situações engraçadas.

É muito gostoso reler tudo depois de um tempo, como uma fotografia textual… você revive tudo!

Vou colocar aqui um exemplo do que eu escrevia  quando o Paulinho tinha 1 mês:

“A vovó vem todos os dias às 10 horas te dar banho.

Você chora e grita o tempo todo…rsss

Só para de chorar quando está completamente vestido.

Te amo Paulinho.” agosto/2008.

Todo dia escrevia alguma coisinha assim para marcar o dia.

Agora um trechinho de exemplo do que eu escrevo da Mari:

“Desde ontem (24/10), você tem ficado mais tempo acordada sem chorar para mamar!

Acho que está crescendo…!” – detalhe: ela nasceu em 08/10…rssss… coisas de mãe coruja, não reparem…

Também colo no caderninho, primeira vez no cinema, primeiro ingresso da Bienal, toda primeira vez …registrado…kkkkk….. é gostoso!!!

Beijocas a todos, desculpem a nostalgia…uma das minhas metas é diminui-la!

Por isso o blog né: Feliz ano novo todo dia!!!!!!

Renata.