#PHpoemaday – #Dia11 #Dia12

Dia 11 – Eutanásia

De todas as questões da vida
Tem uma que nunca quero pensar,
nem responder…
“_ É pra mandar pra eternidade ou deixar assim viver?”

 

Dia 12- O equilibrista

Existe uma linha muito tênue entre o amor e a loucura.
Josh sabia bem disso…
Por tanto amor (?) havia sido internado nesse Centro de Reabilitação Mental há 12 anos e por mais que explicasse que o que sentia era além da conta mas não era loucura, sua psiquiatra não lhe dava alta, e pelo contrário o fitava sempre com um olhar inquisidor e ele sabia que a cada sessão ele não poderia ver aquilo que lhe preenchia e após tantos anos ainda o enchia de esperança.
Na sessão de hoje, Mary Fine, a psiquiatra, recebeu uma triste notícia: Josh Garden, o equilibrista, enforcou-se.
Ela calmamente agradeceu a informação e lentamente fechou a porta do seu pequeno e escuro escritório.
Sentando-se em sua mesa, olhou para o longo prontuário de Josh, observou sua foto 3×4 envelhecida pelo tempo, e chorou…
Um choro amargo de um grande amor recolhido, não vivido…
Abriu a gavetinha que ficava ao lado esquerdo da mesa e protagonizou o ato final.

Renata Amemiya

#PH Poem a day- Dia 12: Inspirado em uma música

Oi pessoal, este desafio vai atrasado porque ontem fiquei muito mal de uma gripe fortíssima, seguida de muita tosse e estado febril… hoje estou me sentindo melhor e vou postar agora o dia 12 e mais tarde o dia 13, ok? Desculpem…! E obrigada por me acompanhar!!!

 

A música que eu escolhi é “Vento no litoral” da banda Legião Urbana.

Hoje faz um ano

Estou bem

Seguindo em frente

Conforme combinamos

Não vou desistir

O amor é eterno

A esperança não me deixa

O tempo pode um dia trabalhar a nosso favor?

 

É o que temos para hoje..rss… em cada verso magrinho tem muito o que dizer, mas não tem como expressar… essa música fala muito comigo… ainda mais quando ele diz : cavalos marinhos… vocês sabiam que os cavalos marinhos nunca casam-se novamente? Eles juram amor eterno, tem um único amor para vida toda…beijocas!!

Feliz ano todo!!!

Renata.