#Dica de leitura: Família Alegria

Ficha técnica:

Título: Família Alegria
Autor: Cristina VillaÇa
Ilustração: Carla Irusta
Editora: Escrita fina
Edição: 1
Ano: 2011
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 28 páginas
ISBN: 978-85-6387-737-6
Peso: 160g
Dimensões: 210mm x 240mm

Sinopse:

Nuno e Nina moram numa casa muito bonita e cheia de gente, onde também vivem pai e mãe, avô e avó, bichos e várias outras coisas bacanas. A casa toda é como um ninho, e o livro mostra aos pequenos leitores vários tipos de casas e de ninhos mundo afora. Alguns parecidos, outros muito diferentes do espaço que acolhe a Família Alegria. Entre as ‘casas’, a toca do tatu, a areia do siri, pessoas que moram na roça, na vila, na taba e na praia. Até quem não tem onde morar. Dirigido aos pequenos leitores, este livro empreende uma viagem porta adentro de casas as mais diversas. Assim, procura estimular os pequenos a refletir sobre questões do dia a dia, presentes na construção da cidadania.

Fonte:Livraria da Folha

Fazer essa  leitura com minha turma de 4 anos na hora da roda de história a partir dessas belas palavras da autora nos fez refletir bastante… Mas ainda não terminou… Vamos ler mais vezes… Este livro faz parte do acervo da escola e apesar de ser  realmente uma leitura cheia de conteúdos interessantes para trabalharmos com as crianças (família, tipos de moradia, povos, diversidade cultural) podemos fazer a leitura de fruição, pois é uma bela história de uma família comum e feliz, como tantas outras por ai e as crianças se identificam.

A história tem um ritmo cadenciado, cantado e poético!

A melhor citação: “Toda casa é um ninho!”

Faz a gente perceber o aconchego, o carinho, que o lar e a família passam para todos! E tem também citação para quem não tem… E aí as crianças pensam e  transbordam:

_Prô, vou levar ele para minha casa!

_Coitado, cadê a mãe dele?

_ Tem que fazer uma comida para ele!

E, eu, ouvindo todas essas soluções e estratégias me vejo privilegiada por ser rodeada com tanto amor e ter a certeza que a humanidade ainda tem chances.

Beijocas,

Feliz ano todo!

Renata

 

 

No mundo de Oz

Vocês tem alguma história que vocês gostam muito e que se pudesse leria, releria, veria o filme, se vestiria, falaria as mesmas falas e vestiria as roupas….kkkk?

Como as crianças que quando gostam de um filme, repetem, repetem, repetem, e fazem tudo o que eu falei acima e muito mais, visto que já perdi as contas de quantas vezes vi “Frozen”, e na época da minha sobrinha “Chapeuzinho Vermelho” e na época do Paulinho menorzinho, Thomas e seus amigos e por ai vai…

Mas, nessas, nós também temos os nossos gostos clássicos não é mesmo?

Qual é o seu filme clássico preferido? Sua história clássica preferida?

A minha eu vou falar aqui: O mágico de Oz!

Sério! Depois que eu vi a primeira vez o filme clássico, li muitas vezes as histórias e reassisti muitas vezes… eu simplesmente amo esse filme.

No mundo maravilhoso do Pinterest tem muitas imagens e fiz uma pasta só com imagens do filme e inspirações com base no tema de Oz!

Vou compartilhar algumas com vocês, ok?

os sapatinhos da Dorothy na estrada de tijolinhos amarelos

Oh!

um grande tornado

Festa da firma

Estamos chegando! Falta pouco!

nunca vi para vender…

festa de aniversário

E de onde saíram essas imagens, tem muuuuito mais… rsss

Espero que tenham gostado e me contem ai qual é a fonte de inspiração para a sua imaginação…rs

Feliz ano todo!

Renata

“Live Action” de Stargirl

Boa noite pessoal! Tudo bem com vocês?

Pesquisando pelo Twitter outro dia, vi uma indicação de uma live action de adolescentes americanos para um projeto de escola do livro que eu fiz a resenha outro dia aqui no blog:

A extraordinária garota chamada Estrela

Lembram? Quem não leu é só clicar no título, combinado? rsss…

Enfim, achei tão engraçadinho, ainda mais por ser amador… ficou muito bom!

Querem conferir a dica? Acho que sim…né? rssss

Espero que gostem!!! Beijocas!!!

Se quiserem me seguir no Twitter: @papirusca

Feliz ano novo sempre!!!

 

 

 

#Maratona #EuSouDoideira versão kids: Livro 6/7-

 Sobrecapa do livro

 Capa do livro

Formato: Livro

Autor: BELINKY, TATIANA

Ilustrador: WEIGAND, ROBERTO

Idioma: PORTUGUÊS

Editora: PAULINAS-

Assunto: INFANTO-JUVENIS – LITERATURA INFANTIL

Sinopse: Este livro é uma brincadeira matemática de subtrair sacis. Entre versos e estrofes, dez sacizinhos vão desaparecendo, um a um, em diversos acidentes, como ingestão de comida estragada, jejum exagerado e quebra de regras.

Oi pessoal!

O tempo está ficando escasso para a #Maratona, acaba dia 15! Bom, falta agora apenas um livro… Vou indicar o livro da nossa sempre maravilhosa Tatiana Belinky, como foi bom o seu legado, quantas obras maravilhosas, quanta contribuição a literatura brasileira, ao nosso conhecimento! Obrigada Tatiana Belinky!!

Neste livro, temos uma sequência de textos envolvendo os sacizinhos em diversas aventuras num sentido de contagem regressiva… a graça está em saber os motivos pelos quais eles vão sumindo…as crianças interagem bastante, e muitos aspectos brasileiros vão aparecendo no discorrer da história, fora que o próprio Saci é um personagem lendário brasileiro muito conhecido das crianças, até mesmo pela volta da série de TV “Sítio do Picapau Amarelo”.

Indico a leitura! Muito divertido!

Para essa história vou indicar a música infantil: 1,2,3, indiozinhos da Galinha Pintadinha!!!! Também bem cultural e fala dos números, certo?

Um beijão!

Feliz ano novo sempre!

Renata

#Maratona #Eusoudoideira(versão kids): Livro 5/7: Patrícia

Ficha técnica:

Formato: Livro

Autor: KING, STEPHEN MICHAEL

Idioma: PORTUGUÊS

Editora: BRINQUE BOOK –

Assunto: INFANTO-JUVENIS – LITERATURA INFANTIL

Sinopse: Stephen King está rapidamente se tornando um dos autores/ilustradores mais reconhecidos da Austrália. Seus textos simples e ilustrações charmosas contam histórias bastante profundas. Seu primeiro livro infantil, ‘O homem que amava caixas’, recebeu inúmeros prêmios e foi publicado na Grã-Bretanha, nos Estados Unidos, no Canadá, na Alemanha e agora no Brasil. A história tem como enredo a cabeça de Patrícia, que vivia cheia de pensamentos maravilhosos, incríveis. Ela só queria encontrar alguém com quem pudesse compartilhar seus pensamentos.

Neste livro, nós, papais e mamães, podemos colocar “as barbas de molho”, como dizia a minha vó…rsss, ou seja, olhar para as nossas atitudes em relação aos nossos filhos, que aos nossos olhos são eternas crianças, não é mesmo, vovós e vovôs?

Enfim, Stephen King, tem uma objetividade tão incrível para falar de sentimentos de modo lúdico que eu não acredito como ele consegue…

Em Patrícia, uma pequenina de uns 6 ou 7 anos, no livro não conta a idade, a gente supõe… procura uma amizade para falar de coisas relevantes, mas procurando o tempo todo do livro não encontra uma pessoa que colabore com suas ideias… e nessa trajetória, as crianças se identificam muito quando contamos a história pois elas todas, sim, elas todas, tem também suas ideias…!

Você já parou para ouvi-las? Sabe das preferências dos seus filhos? Do que ele não gosta? O que ele pensa de determinado assunto? Qual a ideia dele para melhorar tal aspecto? Qual é a melhor habilidade dele? Enfim, assuntos que achamos com “temas adultos”, se adaptamos achamos respostas e lógicas muito, muito, muito originais mesmo… é só tentar.

Minha irmã me deu um exemplo perfeito outro dia, e eu lembrei desse livro, pois tinha lido recentemente para o meu grupo.

Numa reunião de pais, com alunos do ensino fundamental, foram perguntados aos pais questões pessoais sobre os filhos que responderam com os professores anteriormente. E, segundo relato, foi muito constrangedor pois os próprios pais tinham dificuldades em responder, e ao comparar as respostas dos filhos, o resultado foi bem trágico…

Este livro serve também para reflexão dessa relação, mas para as crianças é muito lúdico, as ilustrações são maravilhosas e vale a pena  a leitura!!!

Fica a dica! Espero que tenham gostado!!

Feliz ano novo todo dia!!!

Beijocas

Renata

 

 

Resenha: O urso rabugento – Nick Bland

Olá meus amigos!!  Tudo  bem com vocês?

Espero que sim!!!

Conforme prometi, hoje trouxe para vocês a resenha do livro: O urso rabugento da Editora Brinque Book, do autor e ilustrador Nick Bland (leia sobre ele aqui).

Em primeiro lugar quero dizer que gosto muito da Editora Brinque Book pela qualidade e cuidado com o conteúdo dos livros que são editados por lá. Inclusive tem alguns que eu não consigo ler sem verter lágrimas. Mesmo sendo histórias infantis trazem uma mensagem tão linda que eu nem sempre resisto. Sério!!!

Não poderia ser diferente neste livro: “O urso Rabugento” que comprei para os meus filhos durante a Contação de histórias no sábado (24/05), na livraria.

wpid-img_20140526_214933.jpg

contra – capa.

A história acontece na Floresta Encantada entre quatro amigos que estavam brincando alegremente, quando de repente se vêem numa situação difícil, pois começa a chover e o único lugar onde podem se esconder é em uma caverna onde mora um terrível urso.

Acontecem então os fatos que levam ao desfecho da história, onde o autor com maestria mostra importantes valores para que as crianças, principalmente, aprendam a ter empatia, saber ouvir o outro.

Vale a pena a leitura e como eu falei no outro post, o livro possui um código QR para aplicativo no smartphone, onde podemos ouvir a leitura do livro. Para quem ainda tem dúvidas de como usá-lo o site da Brinque- Book tira as dúvidas, é só acessar, ok?

Espero que tenham gostado da dica de leitura!

Um feliz ano novo sempre!!!

Beijocas da Renata

Coisinhas que nos deixam feliz!

Olá!!! Tudo bem com vocês?

Eu espero muito que sim!

Conhecem o livro do Otávio Roth, “Duas dúzias de coisinhas a toa que deixam a gente feliz”?

É de uma leitura fácil, infantil, mas que traduz sentimentos universais, ou seja, queremos ser felizes! De que forma? Vivendo na plenitude do dia de hoje!!! Do que o presente tem a nos oferecer!!

O livretinho vai fazendo uma pequena listinha, de forma poética e todo ilustrado das coisinhas que fazem a nossa felicidade!

Fofo, né gente?

Vou tentar aqui fazer a minha lista e deixo o convite para que vocês também coloquem aqui nos comentários o que te faz feliz, certo?

Vamos entrar nesse clima? Bom, estou precisando…rssss… mas vou dizer apenas uma dúzia, e vou ficar contando com vocês para completar o post com mais 12 coisinhas… está bem?

Então vamos começar:

1- dia de sol

 

2- praia limpa

3- fondue de chocolate

4- passeio ao circo

5- crianças fofas

DSCN3362

6- música boa para cantar junto

7- uma boa leitura

8- ócio criativo

9- palavras de amor

10- você e seu amor

11- sapatos novos

12- ano novo todo dia!!!

Espero que tenham gostado!!! Beijocas

Feliz ano novo sempre!!!

Renata

 

Participando de um concurso literário …

Estou participando de um concurso literário do Blog Livros e Pessoas, especial para professores, concorrendo a um exemplar do livro “A pesquisa na formação e no trabalho docente. Eles inclusive disponibilizam um trecho do livro para apreciação, confira:

Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, “em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho”. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reunir pessoas interessadas na busca da racionalidade e da democracia. “Trata-se de um processo social e colaborativo de aprendizado, conduzido por grupos de pessoas que se reúnem em torno da mudança de práticas por meio das quais interagem em um mundo compartilhado socialmente – um mundo onde, para o bem ou para o mal, vivemos uns com as conseqüências das ações dos outros”.

Para participar basta entrar no Blog , completar a frase:

” A Educação pode transformar o país porque…” e pronto, torcer para ganhar!!!

Se você é professor ou conhece algum que gostaria de concorrer a um dos três exemplares que eles vão sortear, compartilhe a informação, certo? Obrigada! O sorteio será no dia 13 de junho às 17h30 no post que comentamos. Boa sorte!

Feliz ano novo sempre!!!

Renata – concorrendo!!!

Dia a dia!

Olá pessoal!

Como estão indo?

Espero que bem!

Aqui as coisas estão começando a acalmar de novo…rssss….!

Deixa eu compartilhar um fato: estou lendo um livro, antigo sim, mas que eu nunca tinha lido: A volta ao mundo em 80 dias, do Julio Verne.

E, gente, é surpreendente!!! Eu me surpreendi com o enredo, que é bem diferente que a vida toda eu imaginei…rssss

Tão antigo, mas tão pertinente… kkkk!!!!

Em breve vou postar aqui as minhas impressões. Deixa eu acabar de ler!

Aproveitem o final de semana com a família, amigos, em paz! Certo?

Um beijo e feliz ano novo sempre!

Renata