Bolo fácil

ou … demorou muito mais aprendi…

ou… massa básica para bolo

Olá pessoal!

Hoje eu vou compartilhar uma massa básica de bolo que aprendi a fazer e aposentei de vez as massas de bolo prontas que eu costumava fazer… Inclusive hoje, até aqueles bolos prontos de pacote estou passando porque estou achando todos muito, muito doce para o meu paladar…

Aprendi essa receita para bolo de cenoura, mas eu vou modificando o ingrediente principal…rss… coloco beterraba, coloco maçã, algumas vezes chocolate em pó…

Vamos a receita? Espero que gostem e façam em casa, depois me digam o que acharam…

As imagens são meramente ilustrativas…certo? Mas a massa fica muito boa mesmo…

Bolo fácil de cenoura:

INGREDIENTES

4 ovos

1 xícara de óleo

1 cenoura grande

2 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de açúcar

2 colheres de fermento em pó

 

 

MODO DE FAZER:

No liquidificador bater os ovos, o óleo e a cenoura (ou o outro ingrediente principal, como beterraba, maçã, ou os três juntos: beterraba, maçã e cenoura…fica bom , viu?). Num recipiente a parte coloque a farinha de trigo, o açúcar e o fermento ( se for fazer de chocolate, coloque o chocolate nesse recipiente…). Aos poucos vai juntando o líquido que se formou no liquidificador a esse recipiente e misturando delicadamente. Coloque numa forma untada e enfarinhada e em forno quente (200 graus) por meia hora, quarenta minutos, dependendo do seu forno.

Gostaram? Muito fácil não é mesmo…? Após 30 anos, sei fazer bolo , bolo, sem ser bolo pudim(todo empaçocado, que não cresce)…kkkkk!!!! Meu primeiro bolo foi feito por mim e minha irmã em homenagem a minha mãe… Eu tinha uns 10 anos… foi engraçado porque o livro de receitas falava: untar e polvilhar a forma, e eu disse para minha irmã: Bom, vai sem polvilho mesmo… kkkk….!!! Achava que era mais um ingrediente… mas não era… saiu bem estranho , mas minha mãe gostou!

Pessoal! Feliz ano novo sempre!!! Beijocas!!!

Renata – boleira.

 

Sugestões de leitura

Vou listar aqui 5 livros muito bons para leitura, espero que vocês gostem das sugestões…

1- Mães intercessoras – Hernandes Dias Lopes

 

Uma leitura muito leve, com histórias reais de mães que se dedicam a oração pelos seus filhos e grandes livramentos.

2- Se as coisas fossem mães – Sylvia Orthof

Uma linda poesia que vale a pena conhecer!!!

3- Pais brilhantes, filhos fascinantes – Augusto Cury

Um livro maravilhoso… vale muito a pena conhecer… sobre o estilo de Augusto Cury, eu já escrevi uma pequena resenha do livro: Filhos brilhantes, alunos fascinantes ! Confira!

4- Sete necessidades básicas da criança – John Drescher

Este livro é muito, muito bom mesmo. Numa linguagem bem acessível ele aborda em vários temas tudo o que uma criança precisa para crescer saudável nos seus sentimentos, emoções e sentindo-se valorizada na sua personalidade.

5- Bíblia da Mamãe

Não poderia faltar, né? Anotada!!!

Espero que tenham gostado das sugestões. Se você já leu algum desses livros ou  tem alguma sugestão de leitura, por favor, comente ai e compartilhe a sua leitura.

Feliz ano novo sempre!

Beiijocas!!

Renata

 

Frases que toda mãe diz…

ou… um dia você vai repetir igualzinho…!

1- “Leva o agasalho que vai esfriar”.

2-“Não briga com seu irmão”.

3- “Acorda, menino”!

4- “Crianças, hora de dormir”!

5- “Come tudo, direitinho, para ficar forte!”

6-“Você sempre será o bebezinho da mamãe”!

7- Eu avisei para não fazer isso…!”

8- ” …porque eu sou a sua mãe!”

9- ” Tem que estudar bastante, hein?”

10- “Você é o melhor filho do mundo”!

Concorda comigo? Conhece mais frases de mãe? Compartilha ai nos comentários…!

Feliz ano novo sempre!! Beijocas!!

DSCN3335 Super Renata

Wish list das mamães!

Especial dia das mães… vou fazer uma seleção de presentes que todas as mamães gostariam de ganhar…

Além, é claro, do amor dos filhos e da família, muita paz, saúde, sabedoria, essas coisas… certo?

Eu pensei em fazer uma lista (sim!!), por idade, espero que gostem…

Mamães de 90 a 80:

1- hidratante corporal

2- talco em pó ( bem enfeitadão)

3- celular de última geração

4- sapatos confortáveis

5- Livro interessante

Para essa listinha pensei na minha vó… apesar dela estar já no céu, sabia dos seus gostos e preferências… saudades dela!!!

Mamães de 80 a 70:

1- Almoço em um ótimo restaurante.

2- um gatinho SRD (sem raça definida ) adotado!

3- um perfume importado bem doce.

4- um notebook bem última geração.

5- hidratante para os pés.

Mamães de 70 a 60:DSCN3466

1- vestido lindo!

2- acessórios (pulseira, anel, brinco, bolsa) de boa qualidade.

3- maquiagem

4- cosméticos para deixar a pele saudável

5- chocolates 80 por cento cacau.

 

Mamães 60 a 50:

1- 1 ano de academia

2- curso de auto maquiagem

3- hidratante capilar

4- óculos de sol

5- 1 camisola longa de seda

Mamães de 50 a 40:

(este ano ainda não vou me encaixar nesse perfil, ok…rsss)!

1- roupas para ocasiões especiais

2- sandálias

3- 1 viagem nacional ou internacional (depende de suas posses…kkkk!!)

4- 1 consulta especial com um ótimo dermatologista.

5- 1 super trato no cabelo com um ótimo cabeleireiro.

Mamãe de 40 a 30:DSCN3317

Bom, aqui vou falar umas coisas bem pessoais…kkk… #ficaadicamarcos… kkkk!!!

1- 1 perfume Prada Candy , pode ser o pequeno…

2- 1 blusa

3- sapatilhas

4-maquiagem

5- produtos de limpeza e hidratação para pele.

DSCN3295

1- Jogos e acessórios para video game

2- botas de inverno

3- livros de literatura clássica

4- instrumentos musicais (teclado ou violão)

5- hidratante para as mãos.

*essa inspirada na minha irmã…kkkk!!!

 

Mamães de 30 a 20:

1- CD ou DVD do cantor/banda favorito

2- 1 jóia

3- artesanato feito pelas mãozinhas do próprio filho

4- 1 passeio ao teatro ou cinema

5- 1 buquê de flores.

Gostaram das listinhas? Tem mais sugestões? Espero que comentem !!!

Feliz ano novo sempre!!!

Beijocas!

Renata

 

 

Querido Criador…

Teu lindo nome é Santo

Quero viver sob a tua proteção

Obrigada por todas as coisas com as quais me presenteia

E por sempre entender o quanto eu preciso de Ti.

Dessa forma entendo também meus semelhantes!

Sinto-me segura em ti e resisto ao mal!

Sou tua filha e me sinto amada para sempre.

Minha esperança é em Ti.

Inspirado na oração que Jesus nos ensina a fazer em Lucas 11: 1-4.

Feliz ano novo! Beijocas!

20131207_123150

Organizando os brinquedos dos filhos

É com muita relutância que inicio esse post…
Acho que ainda não estou preparada para ele!
Mas, acho que em parte tenho a teoria de como fazer dar certo…entendem… não que para mim esteja 100 por cento, mas acho que consegui chegar nos 80 por cento.
Quando eles são bebês, quase não temos brinquedos em casa e o que temos são tão pouquinhos que cabem numa gavetinha, não é mesmo?
Mas, aí, chega o primeiro aninho… aniversário, festa, presentes, e a maioria dos presentes são brinquedos, não é mesmo…
Seu filhinho vai ficando mais velho, mais esperto, conhecendo mais personagens infantis, você acha fofo e compra, ele também ganha muita coisa, e … você já sabe o final da história, muito brinquedo acumulado, espalhado pela casa e sem lugar definido para guardar. É assim que acontece…
Porém, nem tudo está perdido!
A organização independe do tamanho da sua casa… mas quanto maior sua casa é, mais espaço para armazenar você terá, ou acumular? Bom, não sei…rssss…!
Inicie a sua organização planejando o seguinte:
1- O que ele não usa mais? Vai para doação.
Muitas escolas, creches, orfanatos, aceitam doações de brinquedos usados para as atividades de recreação com as crianças que frequentam o estabelecimento. Podem acreditar, nesses locais, brinquedo nunca é demais.
2- O próximo passo separar por categorias todos os brinquedos. Por exemplo: carrinhos hot wheels, numa caixa, bonequinhos em outra caixa, trenzinhos, em outra caixa, bonecas, no meu caso agora, tenho os dois gêneros infantis em casa, e a menina ama bonecas, carrinhos de bonecas, panelinhas, escovas, barbies, todas essas coisas… enfim. Categorizar e separar em caixas. Acho que aquelas caixas plásticas organizadoras são as melhores, porque tem tampas e um espaço adequado ao tamanho do que vai ser guardado. Você pode comprar grandes para brinquedos maiores e pequenas e médias para brinquedos menores. Vale também sacolinhas e caixinhas de papelão duro, fofas…sabem como é?
3- Nesta etapa, o que vai contar agora são os combinados a serem feitos com as crianças. Você deve combinar que quando pegamos a caixa do Lego, por exemplo, devemos antes guardar a caixa dos trenzinhos. E sempre que terminar a brincadeira devemos devolver na caixa tudo o que pertence a ela. Bom, esta é a etapa principal…rssss… Ir revezando por semana as brincadeiras, ou a cada quinzena… não sei, depende do quanto a criança gosta de determinado
brinquedo.
Eu estou caminhando… acredito que dessa forma vamos conseguir organizar a casa, sem aquela tensão de ter sempre que estar tudo impecável. Com criança em casa não é assim… temos que ter organização mas sempre em equilíbrio. Concordam?

Vou deixar aqui uma ideia de como eu venho organizando… sugestão, certo?

DSCN3473

Quebra-cabeças, letrinhas plásticas e em e.v.a., lápis coloridos…

DSCN3474

carrinhos hot whells, carrinhos pequenos, bonequinhos plásticos….

DSCN3476

bonecas, aleatórios, carrinhos de bebês…rssss…..

Uma coisa que não mostrei em foto: a coleção do Thomas e seus amigos do Paulinho… ela está sempre em movimento, não consigo organizar…sorry!!! Os livrinhos infantis para leitura, cadernos de desenho, material de lição de casa, em outro espaço (armário).
Qual é a sua forma de organizar os brinquedos das crianças? Compartilhe comigo. Escreva ai nos comentários!

Feliz ano novo! Beijocas!!!

Profissão mamãe? Sim ou Não? Eis a questão!! – parte 2

Olá!!!

Hoje vocês vão acompanhar depoimento da Andréa Paganotti, relatando a sua experiência de ser uma mãe do século XXI. Inclusive dei uma ideia de fazermos um clube de mães… hahaha!!!

Espero que este relato, assim como me inspirou em muitos detalhes, inspire você também e o aprecie com muita calma, devagar, refletindo… faz bem!!! Beijocas e feliz ano novo!!!!

“Eu cresci ouvindo que se quisesse ser alguém na vida, teria que ser a melhor! E assim… sem medo do que iria encontrar pela frente me preparei para ser a melhor, e sabia que essa busca seria infinita, pra sempre… Em pouco tempo já tinha certo destaque profissional e com isso melhores condições financeiras! As possibilidades de consumo nos enchem de novos sonhos!

Bem, ao longo dos anos além da carreira profissional iniciei minha carreira conjugal!!! Mais um tempo se passou e olha o relógio biológico tocando novamente!!! Eu queria ser MÃE! E então, vieram as perguntas…. “Como vc fará com o emprego? Vc trabalha longe, como vai ser? Nossa mais você trabalha muito, vai parar?” É, eu preciso assumir… usei muito a seguinte frase: “O que importa não é o tempo de dedicação, mas a qualidade do tempo!”

Pois é…. eu engravidei! Uma, duas vezes… em 3 anos… dois filhos!!! Lindos filhos!!! E assim que peguei nos braços aquele ser indefeso, que dependia de mim pra tudo, eu entendi a importância de conhecer a história!

É isso mesmo… “Conheça seu passado, para entender seu presente e mudar seu futuro!”

Minha mãe acompanhou o crescimento das 3 filhas, ela sempre esteve ali, por perto! Sua mãe esteve ali para 11 filhos… e assim foi desde os primórdios!!! Mas quando chegou minha vez… eu queria ganhar o  mundo!!! Queria meu espaço!!! Provar que era capaz de ser Mulher, filha, amiga, profissional, esposa, mãe! Queria mudar a história!!!

PARA TUDO! Não… não dá pra ser tudo isso sem que alguém sofra com isso!!! Nem tudo que é antigo é ruim…

Nessa busca pela mulher perfeita fui amargando frustrações… Já não era mais a profissional que todos queriam, afinal de contas, na minha agenda além dos negócios haviam telefone e consultas ao pediatra, reuniões escolares e eventuais atrasos da babá! Na escola das crianças eu já era a mãe que vivia atrasada! E em casa???? Por mais que me esforçasse pra que a janta estivesse na mesa na hora certa, acompanhasse a lição de casa o relógio não era meu amigo… não havia tempo pro jogo de tabuleiro…

Ah… quase me esqueci do marido… é.. porque eu quase me esquecia dele mesmo…

Mas tudo isso tinha algo de bom…. meus filhos se vestiam bem… passeavam e tinha todos os brinquedos que queriam.. porque mesmo que não tivesse dinheiro eu não poderia deixar de comprar… eu já quase não ficava com eles…

Até que um dia… voltava de uma audiência e estava no caminho de casa… era hora do almoço resolvi dar uma paradinha, as crianças iriam pra escola… Meu filho estava de uniforme… com a cabeça cheia de shampoo… aquilo partiu meu coração… ele ia assim pra escola… se eu não tivesse parado ali…  meu Deus… o que eu estava fazendo com a vida dos meus filhos???

Foi ai que comecei a repensar em toda a minha vida! Eu precisava ter tempo pra formar meus filhos…  Afinal eles são o futuro da sociedade… O que queremos para o futuro?

Assim foi… fiz minha escolha… Escolhi meus filhos!!! Faz um ano que tomei minha difícil decisão… Ainda hoje não é fácil… deixei pra trás 20 anos de carreira sólida para qual eu levei metade da minha vida me preparando… a minha independência financeira se foi junto com a vida executiva… e me roburizo cada vez que preciso do cartão do marido… rs… eu estou aprendendo de novo… Mas as crianças nem tem mais tempo para escolher a nova tecnologia, porque o tempo livre delas é ocupado com nossas conversas, filmes que podemos ver juntinhos e até mesmo discussões sobre o comportamento inadequado…

É eu troquei o transito enloquecedor de São Paulo, pela limpeza da casa… e acreditem… minha casa é muito mais limpa e organizada agora, e nem é tão chato assim… sou dona e chefe do meu lar!!! Eliminei a falta de tempo e ganhei qualidade de vida!!! Deixei o status de executiva e ocupei o melhor lugar do mundo… Sou mãe em tempo integral!!!

O marido, apesar da preocupação de agora ser a única renda… se orgulha de poder ser o  “Provedor”!

E as crianças??? Ah…. essas deixaram as madrugadas acordadas pra trás…. Acordam cedo e tem tempo pra pegar uma piscina… Estão bronzeadas, saudáveis e felizes….

Ganhei uma nova família.. porque me conquistei de volta…

Ah…sabe aquela frase sobre qualidade e quantidade??? Pois é, se isso fosse verdade… Só uma boa colher de arroz saboroso mataria a fome não é?!

Agora seu eu penso em voltar a minha carreira um dia??? Eu estarei aqui quanto tempo for necessário… bem assim… como minha mãe!!!